sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O MEDO



O Medo é uma manifestação de uma Energia da Vida, conhecida na literatura do Bhagavad Gita, como Energia Tamásica. 
Essa Energia de Maya tem o poder de perturbar as pessoas, imobilizando-as e fazendo-as prisioneiras da ilusão.
Ele atua obscurecendo a inteligência e criando na mente uma realidade adversa, que absolutamente não existe. Depois de imobilizada e assustada pelo medo, a alma humana busca saídas.
Aí é onde começa a fase de criação daquelas mentiras que podem nos levar não só a agir equivocadamente, como também a um grande precipício. Imaginamos mil coisas assustadoras. Criamos riscos e perigos absolutamente inexistentes. Verdadeiros fantasmas tomam conta da nossa fragilizada imaginação.
A grande arma para vencer o medo gerado pela nossa imaginação é avançar em sua direção. Fazendo isso, vamos constatar que ele tem a mesma natureza e resistência da neblina e da fumaça. Não ostentam uma realidade concreta. Existe apenas no mundo da mente.
É nesse sentido o ensinamento do Bhagavad Gita, quando preleciona que devemos reconhecer "a obrigação de realizar as legítimas e justas ações, como também a necessidade de omitir as ilegítimas e equivocadas, discernindo entre a escravidão gerada pelo Medo e a liberação obtida mediante a coragem". (Gita XI,7).

Nenhum comentário:

Postar um comentário