quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Francisco Barreto e as Quatro Leis Fundamentais da Espiritualidade da India

      No último final de semana, participei de uma Vivência na Fazenda Mãe Natureza, que é a sede da Grande Síntese – Instituto Cultural para o Florescimento do Homem, entidade sem fins lucrativos, situada no Município de Santana de São Francisco – Estado de Sergipe e que tem como finalidade promover o florescimento integral das potencialidades humanas.
     Francisco Barreto é um instrutor espiritual de visão holística. Homem simples, dedicado  à vida espiritual e faz um trabalho maravilhoso de recuperação de pessoas drogadas. 
           O tema da Vivência foi As Leis Fundamentais da Espiritualidade. Francisco  apresentou  as Quatro Leis Fundamentais da Espiritualidade ensinadas na Índia. Essas leis  representam a essência de um profundo e complexo Conhecimento Divino.
     A seguir, transcreveremos texto contendo essas leis e uma explicação sucinta sobre elas, publicados no Folheto “Ecos do Dharma”, da Grande Síntese, que também tem um Núcleo à Rua Lagarto, 58, em Aracaju – Capital do Estado de Sergipe.

Preimeira Lei:
A pessoa que cruza o nosso caminho é a pessoa certa.
“Isso significa que nada ocorre por acaso em nossas vidas. Todas as pessoas que nos rodeiam, que interagem conosco, estão ali por uma razão, para que possamos apender a evoluir em cada situação. Lembremos que, tanto aquelas que trazem experiências benéficas e agradáveis como aquelas que protagonizam experiências maléficas e desagradáveis, ambas nos proporcionam lições importantes para nosso crescimento no processo evolutivo.”
“Segunda Lei :
O que aconteceu é a única coisa que poderia ter acontecido.
Absolutamente nada que ocorre em nossas vidas pode ocorrer de outra maneira, nem mesmo o detalhe mais insignificante! Não existe: “Se acontecesse tal coisa talvez pudesse ter sido diferente...” Não! O que aconteceu foi a única coisa que poderia ter ocorrido e teve que ser assim para que pudéssemos aprender uma lição e, então, seguir adiante. Todas e cada uma das situações em nossas vidas são perfeitas, mesmo que nossa tendência seja resistir em aceitar.”
“Terceira Lei:
Qualquer momento que algo se inicia é sempre o momento certo.
“Tudo começa num momento determinado; nem antes, nem depois!É quando estamos preparados para que algo novo aconteça em nossas vidas que o processo se inicia. Assim, de nada adianta nossa ansiedade para que algo aconteça, nem nossa rejeição por um certo acontecimento. TUDO ESTÁ SEMPRE CERTO, obedecendo à matemática da Justiça Cósmica.”
“Quarta Lei:
“Quando algo termina, termina.”
“É simples assim! Sempre que algo termina em nossas vidas é para nossa evolução. Portanto, é melhor desapegar-nos, erguermos a cabeça e seguirmos adiante, enriquecidos com mais essa experiência.”











2 comentários:

  1. Olá Dr.Renato..
    Que bom encontrá-lo por aqui.
    Muito feliz em "ouvi-lo" e de relembrar os agradáveis momentos de convivência que tivemos na Universiade da Paz. Caro Amigo, necessito de seu apoio. Tenho um amigo, aqui em, Brasília, chmado Artur, tam´bém jornalista, que está com problemas com filho e creio que a Fazenda Mãe Natureza será um excelente lugar onde ele possa assegurar tratamento adequado para a recuperação de sua saúde física, mental e espiritual, com o seu apoio e com o apoio dos terapeutas da Fazenda. Gostaria muito de viabilizar a ida do Abrahão para a fazenda e gostaria de saber quais os contatos (e com quem) posso fazer passa concretizar essa possibilidade. Deixo os meus telefones para contato: (61) 9674-5447 e 3297-5928 (residencial). Meu email: b3neti@yahoo.com.br.
    Aguardo seu contato
    Um abraço fraterno
    Beneti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beneti,

      Já lhe mandei um e-mail sobre o assunto do seu interesse. Um forte abraço.

      Renato

      Excluir